bella torre 6
A+ B-
Publicada em 31 de Agosto de 2016
São 10 grupos com cerca de 60 artesãos, que expõem seus trabalhos nas feirinhas montadas em pontos diferentes da cidade
Foto:

Prefeitura de São José dos Pinhais incentiva artesanato local



Artigos de decoração, almofadas, bonecas de pano, bolsas e lembrancinhas em geral, tudo feito à mão. Esses são alguns dos itens feitos pelos artesãos do Programa Economia Solidária, da Prefeitura de São José dos Pinhais. São 10 grupos com cerca de 60 artesãos, que expõem seus trabalhos nas feirinhas montadas em pontos diferentes da cidade. A iniciativa é coordenada pela Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Economia Solidária (Setrab) e tem como objetivo apoiar, fomentar e incentivar a produção artesanal sãojoseense. Criado em 2010, o Programa desenvolvido em São José dos Pinhais já é referência em todo Paraná. Com um calendário anual, as feirinhas da Economia Solidá- ria oferecem a oportunidade de comercialização, seja de forma direta ou possibilitando encomendas maiores. Além de ceder estrutura para exposições, a Prefeitura também oferece aos artesãos capacitações de aperfeiçoamento nas áreas de venda, contabilidade, formação de preço, exposi- ção e vitrine, entre outras. Para fazer parte do Programa é necessário ter mais de 16 anos, possuir conhecimento na produção de peças de artesanato, residir em São José dos Pinhais, ter renda individual de até dois salários mínimos e se cadastrar na Secretaria de Trabalho. Após o cadastro, os participantes passam por uma oficina que explica o funcionamento do programa (são 6 módulos de 20 horas, mais um acolhimento em uma feira). A partir daí, os grupos são formados e recebem o Selo de Economia Solidária, concedido pelo Comitê Certificador, eleito pelo Conselho Municipal de Economia Solidá- ria. A próxima Feira de Economia Solidária será de 1º a 30 de setembro, no Aeroporto Internacional Afonso Pena, piso superior. Todo ano, a Infraero oferece um espaço para os artesãos de São José dos Pinhais comercializarem os produtos. Em sua 6ª edição, a Feira funcionará diariamente das 8h às 20h, inclusive sábados e domingos. Mais informações pelo telefone (41) 3283-6800 (ramais 249/250/251).



Mostra Comentarios